6 dicas para ter em mente na hora de escolher seus sapatos

1. Leve em consideração o tipo de pé que você tem

Ninguém corre da mesma forma, porque ninguém tem um tipo de pé igual aos outros. Se você ainda não sabe se é pronador, supinador ou neutro, a primeira coisa que você precisa saber é esse detalhe para entender a forma como o pé toca o solo. Você pode fazer isso indo a um centro especializado e vendo como é sua pegada.

2. Escolha o sapato que combina com esse tipo

Uma vez que você sabe como pisar, você está em condições de escolher seus sapatos. Se sua pegada for neutra, você precisará de uma que tenha estabilidade. Caso a planta entre ou saia, você terá que procurar um sapato que seja responsável por equilibrar as forças e diminuir o impacto no corpo.

Se você não prestar atenção a esse detalhe, na melhor das hipóteses você apenas limitará seu progresso esportivo. Embora também seja possível que você sofra danos significativos, como sobrecarregar os músculos e tendões ou até mesmo problemas ósseos.

3. O esporte que você vai praticar

O tipo de esporte que você quer praticar também determina o tipo de calçado a escolher. Preparar-se para uma maratona não é o mesmo que fazer ginástica rítmica, e os sapatos que você deve usar nunca podem ser os mesmos. As biqueiras de ginástica rítmica não só protegem o pé durante os exercícios, mas também ajudam a melhorar a aderência ao solo.

Tal como acontece com esta disciplina, existe um sapato adequado para cada esporte. E é por isso que não é uma boa ideia usar os mesmos para tudo.

4. Sapatos que cabem no tamanho do seu pé

Além do estilo e da forma de correr ou caminhar, você precisará de um sapato do seu tamanho. Algumas pessoas pensam que os sapatos têm que pressionar um pouco o pé para melhorar o suporte. No entanto, isso só causa lesões e problemas nos dedos, como retração das unhas.

O sapato não deve ser solto, mas também não deve ser muito apertado. Além disso, lembre-se de que os pés incham um pouco durante a prática de esportes, por isso é essencial procurar um sapato que apoie o calcanhar para que ele não escorregue, mas não oprima o resto do pé.

5. O mínimo é que são bonitos

Embora seja claro que não gostamos de usar sapatos feios, a estética não é um fator essencial na sua escolha. Não se deixe levar pelas cores e estilos chamativos que são vistos em alguns modelos, nem compre apenas porque são os que estão na moda.

6. Sempre que puder, experimente

Se você for comprar em uma loja física, não escolha um sapato sem antes ter experimentado como ele se encaixa em você. Pegue as meias que você machuca para usar quando for correr e escolha a tarde para ir às compras. Nesse momento, seus pés estão no ponto mais alto de tamanho e você poderá escolher adequadamente. Coloque os dois sapatos e caminhe um pouco com eles. Assim você sairá da loja tendo escolhido bem.

Se você fizer suas compras online, use o mesmo site ou entre em contato com o vendedor para obter conselhos para que você possa verificar se é o que procura.